Quinta, 23 Novembro 2017

Jovem maranhense é morta e esquartejada na cidade de Campo Verde (MT)

Escrito por  Publicado em Notícias de Colinas Terça, 24 Março 2015 21:39
Avalie este item
(0 votos)

A Polícia Civil de Campo Verde (MT) prendeu José Tavares, de 28 anos, suspeito de matar e esquartejar a maranhense Alaine Dutra Vilar, de 19 anos. Durante o depoimento, o rapaz confessou à polícia ter cometido o homicídio na noite do último dia 17 de março. Na ocasião, a vítima foi esquartejada e teve partes do corpo deixadas em diferentes locais.

Na tarde do dia 18, as pernas da vítima foram localizadas em uma construção do bairro Jupiara e no dia seguinte, o tronco e braços foram encontrados dentro de uma mala, em um terreno, a poucos metros da construção. A cabeça da vítima ainda não foi localizada. E o assassino confesso disse que a colocou em um saco e levou até a lixeira para que fosse levada pelo caminhão de coleta.

Apesar do esquartejamento e o corpo estar todo desfigurado, familiares estiveram no Instituto Médico Legal (IML) e conseguiram reconhecer a jovem por cicatrizes e tatuagens que ela tinha nas costas. Segundo a família, a moça veio do Maranhão e estava morando em Campo Verde, desde o dia 15 de março, onde pretendia procurar emprego. Antes disso, ela estava na casa de parentes na zona rural da cidade.

À polícia, José Tavares declarou que matou a garota porque suspeitava que a mesma tivesse lhe roubado dinheiro. Ambos se conheceram quando a jovem procurava um local para morar e solicitou informações a José. De acordo com investigações, o rapaz chamou a vítima para entrar e após beberem cerveja juntos, ele desconfiou que ela pegou R$ 500 dele e por este motivo a teria esquartejado.

José Tavares, que era foragido da Justiça do estado de Alagoas, foi inicialmente transferido para cadeia pública da cidade de Dom Aquino. Posteriormente, para o presídio Major Eldo Corrêa de Sá (Mata Grande), em Rondonópolis.

Ler 542 vezes
Redação TVC

Redação

Deixe um comentário

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar os autores pelo conteúdo do portal, inclusive quanto a comentários; portanto, a direção neste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Pessoas Online

Temos 74 visitantes e Nenhum membro online

contador online gratis
V
isitantes - Desde 01/09/2011