Quinta, 23 Novembro 2017

Ônibus voltam a circular hoje

Escrito por  Publicado em Notícias do Maranhão Quinta, 02 Outubro 2014 08:23
Avalie este item
(0 votos)

Hoje os coletivos da capital circulam normalmente em todas as rotas da capital. As atividades foram paralisadas após os ataques registrados na manhã de ontem a dois ônibus que foram incendiados nos bairros Recanto do Vinhais e no Piquizeiro, próximo ao bairro Anil. 

A decisão foi tomada depois que o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário no Estado do Maranhão (STTREMA) e as Empresas de Transportes de Passageiros de São Luis (SET) participaram de uma reunião na Secretaria de Segurança Pública (SSP) e tiveram garantias de segurança e quando alguns dos responsáveis pelos ataques foram presos.

Confira nota abaixo:

“O SET – Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luis informa que o sistema de transporte coletivo vai operar normalmente nesta quinta – feira (02.10.14) em São Luís. Em reunião realizada na Secretaria de Segurança do Estado do Maranhão, o SET foi informado da prisão dos autores dos incêndios ocorridos hoje (01.10.14). Considerando a resposta imediata do Sistema de Segurança do Estado, o SET recomendou às empresas que retomem os serviços amanhã (02.10.14) na sua totalidade”.

Segundo a assessoria de comunicação do SET, somente este ano aconteceram dez suspensões da circulação dos ônibus na capital. na quarta-feira os ataques iniciaram no Vinhais quando três homens armados mandaram todo mundo descer e tocaram fogo no ônibus da Primor. As chamas tomaram de conta do veículo que ficou totalmente destruído, o Corpo de Bombeiros foi chamado ao local. No mesmo horário outro coletivo da mesma empresa foi incendiado no Piquizeiro, mas populares conseguiram conter as chamas. A ação criminosa foi executada por cerca de oito homens.

Após os ataques a Polícia Militar reforçou o patrulhamento próximo ao local, na tentativa de prender os suspeitos. De acordo com o comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar, coronel Pedro Ribeiro, dois irmãos foram presos por suspeita de participar do ataque ao ônibus do Vinhais, um de 19 anos e o outro de 20. Eles foram presos em casa, depois de denúncias anônimas e reconhecidos pelo motorista que conduzia o coletivo incendiado.

Durante entrevista o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Marco Antônio Alves, afirmou que não tem confirmação se a ordem para os ataques partiram de dentro do Complexo Penitenciária de Pedrinhas e afirmou que a Força Nacional foi acionada para fazer a cobertura e proporcionar mais segurança nos pontos finais de ônibus da capital.

Representantes dos órgãos de segurança pública do estado suspeitam que a ordem para os ataques partiu do interior do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, maior presídio do estado. 
No final da tarde de ontem, por volta das 18h, o veículo de campanha do vereador Ivaldo Rodrigues foi incendiado em São Luís. Se acordo com informações, uma dupla chegou em uma moto e o garupa desceu e jogou um líquido inflamável sobre o capô do veículo e acendeu o fogo. A cena foi registrada na Rua da Alegria no Bairro da Vila Luizão. Ninguém ficou ferido.

Frota recolhida
Com os ataques os coletivos seguiram para a garagem das empresas a partir das 16h de ontem. A população foi surpreendida com a suspensão do serviço de transporte público em São Luís. “É uma decisão que a gente não esperava, agora temos mudar nossa rotina porque não sabemos como voltar para casa com estes incêndios aos ônibus. Estamos reféns dos criminosos”, desabafou a enfermeira Maria Clara.

Nas ruas, muitas pessoas buscaram outras alternativas para voltar para casa. No início da noite as paradas de ônibus estavam praticamente vazias e quase não era mais vistos coletivos circulando na cidade. O estudante Pedro Sousa disse que o recolhimento dos ônibus demonstra a fragilidade da segurança em São Luís. “Toda vez que é registrado um ataque ao transporte público aqui acontece isso e não se toma uma providência para garantir o nosso direito de chegar ao destino com tranquilidade”, afirmou.

Fonte: O Imparcial

Ler 3225 vezes
Redação TVC

Redação

Deixe um comentário

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar os autores pelo conteúdo do portal, inclusive quanto a comentários; portanto, a direção neste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Pessoas Online

Temos 138 visitantes e Nenhum membro online

contador online gratis
V
isitantes - Desde 01/09/2011