Imprimir esta página

Ônibus voltam a circular hoje

Escrito por  Publicado em Notícias do Maranhão Quinta, 02 Outubro 2014 08:23
Avalie este item
(0 votos)

Hoje os coletivos da capital circulam normalmente em todas as rotas da capital. As atividades foram paralisadas após os ataques registrados na manhã de ontem a dois ônibus que foram incendiados nos bairros Recanto do Vinhais e no Piquizeiro, próximo ao bairro Anil. 

A decisão foi tomada depois que o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário no Estado do Maranhão (STTREMA) e as Empresas de Transportes de Passageiros de São Luis (SET) participaram de uma reunião na Secretaria de Segurança Pública (SSP) e tiveram garantias de segurança e quando alguns dos responsáveis pelos ataques foram presos.

Confira nota abaixo:

“O SET – Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luis informa que o sistema de transporte coletivo vai operar normalmente nesta quinta – feira (02.10.14) em São Luís. Em reunião realizada na Secretaria de Segurança do Estado do Maranhão, o SET foi informado da prisão dos autores dos incêndios ocorridos hoje (01.10.14). Considerando a resposta imediata do Sistema de Segurança do Estado, o SET recomendou às empresas que retomem os serviços amanhã (02.10.14) na sua totalidade”.

Segundo a assessoria de comunicação do SET, somente este ano aconteceram dez suspensões da circulação dos ônibus na capital. na quarta-feira os ataques iniciaram no Vinhais quando três homens armados mandaram todo mundo descer e tocaram fogo no ônibus da Primor. As chamas tomaram de conta do veículo que ficou totalmente destruído, o Corpo de Bombeiros foi chamado ao local. No mesmo horário outro coletivo da mesma empresa foi incendiado no Piquizeiro, mas populares conseguiram conter as chamas. A ação criminosa foi executada por cerca de oito homens.

Após os ataques a Polícia Militar reforçou o patrulhamento próximo ao local, na tentativa de prender os suspeitos. De acordo com o comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar, coronel Pedro Ribeiro, dois irmãos foram presos por suspeita de participar do ataque ao ônibus do Vinhais, um de 19 anos e o outro de 20. Eles foram presos em casa, depois de denúncias anônimas e reconhecidos pelo motorista que conduzia o coletivo incendiado.

Durante entrevista o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Marco Antônio Alves, afirmou que não tem confirmação se a ordem para os ataques partiram de dentro do Complexo Penitenciária de Pedrinhas e afirmou que a Força Nacional foi acionada para fazer a cobertura e proporcionar mais segurança nos pontos finais de ônibus da capital.

Representantes dos órgãos de segurança pública do estado suspeitam que a ordem para os ataques partiu do interior do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, maior presídio do estado. 
No final da tarde de ontem, por volta das 18h, o veículo de campanha do vereador Ivaldo Rodrigues foi incendiado em São Luís. Se acordo com informações, uma dupla chegou em uma moto e o garupa desceu e jogou um líquido inflamável sobre o capô do veículo e acendeu o fogo. A cena foi registrada na Rua da Alegria no Bairro da Vila Luizão. Ninguém ficou ferido.

Frota recolhida
Com os ataques os coletivos seguiram para a garagem das empresas a partir das 16h de ontem. A população foi surpreendida com a suspensão do serviço de transporte público em São Luís. “É uma decisão que a gente não esperava, agora temos mudar nossa rotina porque não sabemos como voltar para casa com estes incêndios aos ônibus. Estamos reféns dos criminosos”, desabafou a enfermeira Maria Clara.

Nas ruas, muitas pessoas buscaram outras alternativas para voltar para casa. No início da noite as paradas de ônibus estavam praticamente vazias e quase não era mais vistos coletivos circulando na cidade. O estudante Pedro Sousa disse que o recolhimento dos ônibus demonstra a fragilidade da segurança em São Luís. “Toda vez que é registrado um ataque ao transporte público aqui acontece isso e não se toma uma providência para garantir o nosso direito de chegar ao destino com tranquilidade”, afirmou.

Fonte: O Imparcial

Ler 6643 vezes
Redação TVC

Redação

Mais recentes de Redação TVC