Quinta, 23 Novembro 2017

18/05/2015 - O ACESSO À INTERNET ESTÁ EM SUAS MÃOS

Escrito por  Publicado em Ponto de Vista Segunda, 18 Maio 2015 09:57
Avalie este item
(0 votos)

                               O ACESSO À INTERNET ESTÁ EM SUAS MÃOS

 

Você, que agora lê esse texto, provavelmente está em casa ou no trabalho em frente a um computador de mesa (ou desktop). Acertei? Pois saiba que isso tende a mudar ligeiramente. De acordo com os últimos dados, a tendência mundial é que o acesso à internet seja feito cada vez mais por dispositivos móveis. Ou mobile, pra ser mais engajado. E o Brasil não fica atrás nessa tendência.
 

De acordo com os dados do Relatório Digital 2015 da agência de marketing social We Are Social, a tendência de crescimento da conexão mobile cresceu 15% em nosso país, superando o crescimento do número de usuários ativos de internet, que tende a ser de apenas 10% maior. Cálculo simples: em pouco tempo haverá mais usuários mobile que por conexões fixas.
 

No ano passado, a diferença ainda era grande, mas já apresentava forte tendência de queda. Enquanto 77% dos acessos à internet no país se davam por desktops, os acessos mobiles eram apenas de 20%. Mas o primeiro tipo de conexão já apresentava queda de 12%, enquanto o segundo cresceu 109%.
 

Outro dado que confirma isso: somos hoje aproximadamente 204 milhões de brasileiros utilizando 276 milhões de conexões móveis à internet. Pois é, há mais celular com acesso à internet do que gente no Brasil. Do total de brasileiros, 54% são considerados usuários ativos de internet.
 

Agora vamos fazer outro exercício (lá vem ele de novo!): qual conexão é mais confiável em Colinas ou na cidade em que você esteja por esse Maranhão a dentro? Pois assim como você, a maioria deve responder que é mais fácil acessar a internet pelo celular do que em casa, devido à precariedade das conexões. Fibra ótica, pasmemos, é artigo de luxo em nosso estado. O resultado: conexões “via rádio” ainda são o maior sucesso, com velocidade de 2mb vendida a preço de ouro.
 

Em relação ao tempo gasto com mídias, ou seja, a quantidade de horas que passamos em frente à TV ou ao computador, acredite: o relatório garante que já passamos quase o dobro de horas acessando a internet do que vendo televisão (até no horário da novela?). São mais de 5h diárias (5h 26m) conectando a internet, frente a menos de três horas (2h 49m) na frente da TV.
 

E nesse tempo todo que você fica acessando a internet, quase quatro horas são dedicadas às redes sociais. Seria uma nova forma de “dar fé da vida alheia”, como diriam nossos avós?
 

 

 

marcos

Marcos Franco Couto é filho dos colinenses Washington Couto e Maria de Jesus Couto. Formado em Jornalismo pela Ufma, foi diretor de jornalismo da TV Band em Imperatriz e Editor-chefe do jornal Correio de Imperatriz. Hoje trabalha com jornalismo e redação publicitária com ênfase em marketing político.

Ler 319 vezes
Redação TVC

Redação

Deixe um comentário

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar os autores pelo conteúdo do portal, inclusive quanto a comentários; portanto, a direção neste site reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Pessoas Online

Temos 68 visitantes e Nenhum membro online

contador online gratis
V
isitantes - Desde 01/09/2011