Quinta, 23 Novembro 2017

O Município de Colinas teve início no Século XVIII com a construção Porto de Desembarque de Passagem Franca, às margens do Rio Itapecuru no povoado Almeida.

Colinas era um pouso dos viajantes de Passagem Franca a Almeida às margens do Rio que atraiu muitas pessoas e fixaram residência na Rua do Fogoso, atual Duque de Caxias. Germano Pereira de Sá ganha uma vasta extensão de terra onde se desenvolvia um povoado que ficou conhecido como Fazenda Grande.

Em 28 de maio de 1868 a Fazenda Grande foi elevada à categoria de Distrito Administrativo, com o nome de Consolação. Em 4 de junho de 1870 o Distrito foi elevado a categoria de Vila recebendo o nome Vila de Picos, este nome foi sugerido por Francisco Dias Carneiro, referindo muito bem o aspecto geográfico da localidade, rodeada de picos, morros e colinas.

Em 10 de Abril de 1891 a Vila de Picos foi elevada a cidade de Picos.

De acordo a Legislação Federal não era permitido a duplicidade de nomes de cidades brasileiras, então Picos do Maranhão perdeu para Picos do Piauí, por esta ser mais velha, a cidade passou a chamar–se Colinas, no dia 2 de fevereiro de 1943 por ser cercada por morros.
INICIALMENTE, existia no local apenas um porto de embarque, que servia ao Município de Passagem Franca, na margem direita do rio Itapecuru. A construção de um armazém para estocagem atraiu os primeiros moradores.
Dotado de terras apropriadas para lavoura e criação de gado, o lugar tornou-se próspera fazenda e centro produtor de algodão e cereais, vindo a ser conhecido pelo nome de Fazenda Grande, depois pelo de Consolação e, posteriormente, pelo de Picos, em razão das colinas que circundavam a povoação.
Picos passou à Cidade em 1891, e teve seu nome mudado pare Colinas em 1943.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Picos, pela lei provincial nº 879, de 04-06-1870. Sede na povoaçãode Picos. Constituído do distrito sede. Instalado em 1872..
Distrito criado com a denominação de Picos, pela lei provincial nº 1388, de 28-05-1886.


Elevado à categoria de cidade com a denominação de Picos, pela lei estadual nº 76, de 10-04-1891.
Pela lei municipal nº 10, de 10-06-1893, são criados os distritos de Almeida e Buriti Bravo e anexados ao município de Picos.


Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 3 distritos: Picos, Almeida e Buriti Bravo.
Pelo decreto estadual nº 75, de 22-04-1931, confirmado pelo decreto nº 539, 16-12-1933, o município de Picos adquiriu o extinto município e Passagem Franca.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 3 distritos: Picos, Buriti Bavo e Passagem Franca. Não figurando o distrito de Almeida.


Pelo decreto nº 832, de 03-06-1935, desmembra do município de Picos o distrito de Passagem Franca. Elevado à categoria de município.
Pelo decreto-lei nº 919, de 30-09-1935, desmembra do município de Picos o distrito de Buriti Bravo. Elevado à categoria de município.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído do distrito sede.


Pelo decreto-lei estadual nº 820, de 31-12-1943, o município de Picos passou a denominar-se Colinas.
Pela lei estadual nº 269, de 31-12-1948, é criado o distrito de Pucumã e anexado ao município já denominado Colinas.


Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 2 distritos: Colinas e Pucumã.
Pela lei estadual nº 750, de 24-09-1952, desmembra do município de Picos o distrito de Pucumã.


Elevado à categoria de município com a denominação de São Domingos do Maranhão.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte: Wikipédia

Pessoas Online

Temos 120 visitantes e Nenhum membro online

contador online gratis
V
isitantes - Desde 01/09/2011